A Prefeitura de Araçatuba publicou recentemente decreto que permite que a Associação dos Povos e Comunidades Tradicionais de Matriz Africana e Afro-Brasileira faça uso de um imóvel localizado na rua Joaquim Nabuco, 156.
A secretária de Participação Cidadã e vice-prefeita Edna Flor destaca que a prefeitura fez a cessão de uso observando que a associação presta serviços para a comunidade, especialmente na preservação da história e da cultura brasileira. “Compete ao município proteger e incentivar as manifestações das culturas populares, incluindo as afro-brasileiras que muito contribuíram para a formação da nacionalidade brasileira. Ao fazer a cessão, o prefeito está cumprindo uma norma da Lei Orgânica do nosso município”.
Para o presidente da Associação dos Povos e Comunidades Tradicionais de Matriz Africana e Afro-Brasileira, Sivaldo de Jesus, ter uma sede própria já fazia parte de um dos projetos da associação dentro do município. “É fundamental termos uma sede para que a comunidade possa ter um local para tirar suas dúvidas e uma central de atendimento para as comunidades de religiões de matriz africana, Umbanda e afrodescendentes em tudo que precisam. A sede servirá para a criação de vários outros projetos que já estão em andamento que beneficiará toda comunidade. Agradecemos ao prefeito Dilador, à vice-prefeita Edna Flor e ao vereador Dunga por abrirem as portas junto aos órgãos públicos. Essa é uma prova de que todas as religiões de matrizes africana podem e conseguem ter espaço e visibilidade junto aos órgãos públicos”.
O Babalorixá Sergio Pina D’Oxossi, reconhecido nacionalmente no meio religioso, postou um vídeo em suas redes sociais agradecendo a cessão de uso do imóvel para a associação. “Sempre digo que governar é para todos. Dessa forma, com a cessão, a administração atual de Araçatuba demonstrou respeito com as religiões”.
O vice presidente da Associação, Diego Rosa - que também é sacerdote de Umbanda - , relata que sempre acreditou no empenho dos órgãos públicos deste município e faz seu agradecimento à administração municipal que contribuiu com a realização desse projeto.
Por: Sílvio Romeiro
Fonte: Assessoria de imprensa da prefeitura municipal de Araçatuba
Araçatuba Acontece
21/01/2022