Recordista do Gol mais rápido do mundo mora em Araçatuba e precisa de ajuda para enfrentar drama familiar

O ex-atacante Vital Filho, 54 anos, que entrou para o Guinness Book em 1997 como autor do gol mais rápido do mundo, aos 4 segundos de partida, pelo Paysandu, no campeonato Paraense, reside com a família em Araçatuba, onde trabalha atualmente como pintor, e lançou uma campanha para poder custear a cirurgia da esposa, Dinamar Sanches dos Santos Souza, que precisa ser realizada com urgência e tem um custo de R$ 8 mil.
Vital disse que após a realização de exames a esposa ficou sabendo que precisa passar por uma cirurgia para retirada do útero e ovários, com urgência, e pelo sistema público existe fila de espera. Se não passar pela cirurgia o mais rápido possível, o caso dela pode se agravar para um câncer maligno.
“Estamos tentando levantar esse dinheiro ou sensibilizar algum médico, e no momento estou sem condições de levantar os R$ 8 mil, por isso iniciamos uma campanha”, disse o ex-atacante. A campanha está sendo realizada por meio de depósitos via PIX, pelo CPF 057.745.028-05, em nome de Vital de Souza Filho. Qualquer ajuda é bem vinda, as pessoas que quiserem podem depositar qualquer quantia”, disse.
Recordista
Em recente entrevista ao Regional Press, o atacante Vital Filho lembrou o gol do recorde. Em 1997 no Campeonato Paraense ele participava de uma disputa pelo Paysandu, contra o Santa Rosa. “O juiz pediu um minuto de silêncio. Eu vi que o goleiro deu passo a frente e lembrei que já tinha feito um gol do meio de campo. Pedi pro jogador Wagner rolar a bola e assim que o juiz apitou o início da partida chutei pro gol, e só vi a rede balançar”, contou.
Na época ele nem imaginava a repercussão que a jogada iria ter, no mundo todo, indo parar no livro dos recordes (Guinness Book), cujo certificado ele guarda até hoje. Vital Filho já passou por times como AEA, Matonense, Portuguesa, Coritiba e jogou também no México e na França, onde rescindiu contrato de dois anos para voltar ao Brasil.
O ex-atacante lembra que no início era uma pessoa muito esquentada que não gostava de levar desaforos, mas com o tempo passou a agir diferente. Sobre o dinheiro que ganhou no auge da carreira, afirma que era muito jovem e não soube administrar na época. Atualmente ele mora no bairro Santana, onde foi criado, e trabalha como pintor de imóveis. 
SERVIÇO: 
Quem puder ajudar
PIX (CPF):  057.745.028-05
Em nome de Vital de Souza Filho
Por: Fábio Shiz/RP10
Araçatuba Acontece
10/11/2021






Postar um comentário

0 Comentários