Mulher é multada em R$ 5 mil por manter arara em cativeiro


Uma mulher moradora em Valparaíso, a 47 quilômetros de Araçatuba, foi autuada e recebeu uma multa no valor de R$ 5 mil após ser flagrada criando uma arara Canindé, em cativeiro, sem autorização do órgão competente. Policiais ambientais chegaram até a casa da infratora após denúncia anônima.
Uma equipe da Polícia Ambiental foi até a casa da mulher denunciada, em Valparaíso, e encontraram a ararara (Ara Araraúna), conhecida também como Canindé, no quintal da residência, sobre um tronco de madeira. 
Diante dos fatos, foi elaborado o auto de infração por manter em cativeiro espécime da fauna silvestre nativa, sem autorização do órgão ambiental competente, conforme resolução da Secretaria de Infra Estrutura e Meio Ambiente. 
Por não estar apta a ser reintroduzida em seu habitat, a arara ficou depositada para a infratora.
Por: Fábio Shiz/ RP10
Araçatuba Acontece
18/11/2021







Postar um comentário

0 Comentários