Envolvidos em tentativa de chacina são condenados a quase 40 anos de prisão

 Envolvidos em tentativa de chacina são condenados a quase 40 anos de prisão 

Quatro homens envolvidos em uma tentativa de chacina contra cinco vítimas, entre as quais uma criança e um adolescente, foram condenados a mais de 30 anos de prisão, nesta quarta-feira (10), em Araçatuba (SP). O julgamento durou 14 horas e aconteceu no Fórum da cidade. Os condenados foram encaminhados para penitenciárias de segurança máxima do Estado de São Paulo.
Os crimes ocorreram em uma mesma residência no bairro Atlântico, na noite de 12 de agosto de 2018. A tentativa de chacina teve grande repercussão na mídia na época.
No julgamento desta quarta, Igor Kaique Dibes Alexandrino foi condenado a pena de 32 anos e 6 meses de prisão. David Arisson Rodrigues Pedão, Lucas dos Santos Dias e Denilson Aparecido Zatin Miranda foram sentenciados a pena de 37 anos de prisão. Todos deverão iniciar o cumprimento da pena em regime fechado. O promotor de justiça Adelmo Pinho disse que não vai recorrer da decisão. 

De acordo com o Ministério Público, Igor tinha uma rixa com o principal alvo do ataque, Flávio William Tobias da Costa Antônio. Na ocasião, os outros três condenados se aliaram para cometer o crime na casa da vítima, na Rua Carlos Loureiro Corretor, bairro Atlântico 2, onde estava a família da vítima junto com uma vizinha.
Ainda conforme o processo, os condenados foram até o local em um carro dirigido por Lucas. O veículo parou perto da residência, momento em que os outros três comparsas desceram encapuzados e invadiram a casa que estava com o portão basculante aberto.
 
Munidos com duas pistolas e um revólver, os condenados atiraram contra as pessoas que estavam no local, atingindo de imediato a esposa e os dois filhos menores do dono da casa e a vizinha que estava ali negociando frutas. Esta vizinha foi atingida no ombro, enquanto a dona da casa foi ferida no tórax. O seu filho de 13 anos levou um tiro no pé e o outro filho de 5 anos foi atingido de raspão no quadril.
Ao notar o ataque, Flávio Willian correu e trancou um portão de ferro, que foi arrombado pelos três invasores, conforme o MP. A vítima se trancou em um quarto e a porta do cômodo foi atingida por 16 disparos. Um deles atingiu a axila direita do morador. Os três comparsas saíram correndo de dentro do imóvel e fugiram no carro que esperava na frente da residência. As vítimas foram socorridas e atendidas no pronto-socorro da Santa Casa. 
A Polícia Civil passou a investigar o caso e chegou até os quatro acusados. As duas pistolas usadas no crime foram apreendidas e exame de balística confirmou o uso na tentativa de chacina.
Por: Alex  Mesmer/RP10
Foto Arquivo do Araçatuba Acontece
Araçatuba Acontece
11/11/2021









Postar um comentário

0 Comentários