Educadora araçatubense é selecionada para contribuir com Programa Federal Brasil na Escola: aprender é fundamental


Eliane Adriana dos Santos. Esse é o nome da Orientadora Pedagógica do Ensino Fundamental da Secretaria Municipal de Educação de Araçatuba (SME) que está participando da elaboração dos materiais do Programa Brasil na Escola: aprender é fundamental.
Instituído pela Portaria nº 177, de 30 de março de 2021, o Programa Federal tem por objetivo induzir e fomentar estratégias e inovações para assegurar a permanência, as aprendizagens e a progressão escolar com equidade e na idade adequada aos estudantes matriculados nos anos finais do Ensino Fundamental. O programa também busca recuperar alunos que estão em defasagem educacional devido à pandemia.
A araçatubense foi indicada pela SME e escolhida entre profissionais da Educação de todo o país. No total, foram selecionados 130 profissionais para ajudar na elaboração dos materiais do programa, que vai abranger cidades de todo o Brasil. Ela vai colaborar na elaboração de atividades para os alunos do 5ª ano, na disciplina Língua Portuguesa.
Formada em Letras e Pedagogia, Eliane tem duas especializações em Línguas e Práticas Pedagógicas em Comunicação e Linguagem e Coordenação Pedagógica. “Me sinto lisonjeada por fazer parte desta equipe, estou muito grata!”, afirma Eliane.
A Orientadora Pedagógica lembra que ela e os demais profissionais da Educação já tiveram experiências parecidas devido ao contexto pandêmico. “Durante o ano de 2020 e o início de 2021, com a pandemia, nós, Orientadoras Pedagógicas da SME, elaboramos atividades aos alunos da Rede Municipal de Educação para atender as demandas no ensino remoto, com o Movimento Aprender e o Movimento Aprender Mais, do programa Estudo no Lar da SME”.
MÉTODO
A execução do Programa se dará em 2022 através dos cadernos, que serão produzidos em quatro volumes, sendo um para cada bimestre.
Os profissionais que vão contribuir com o Programa já tiveram dois encontros virtuais para elaboração dos materiais. As atividades do primeiro caderno já estão sendo elaboradas e devem ficar prontas até o final de novembro.
O Programa é de criação do MEC (Ministério da Educação) e do Banco Mundial, em parceria com a UFJF (Universidade Federal de Juiz de Fora), UFC (Universidade Federal do Ceará) e UFAL (Universidade Federal de Alagoas).
Por: Sílvio Romeiro
Fonte: Assessoria de imprensa da prefeitura municipal de Araçatuba
Araçatuba Acontece
10/11/2021





Postar um comentário

0 Comentários