Justiça concede liberdade a comerciante preso por tráfico em Araçatuba

A Justiça acatou pedido da defesa e concedeu, na quinta-feira (7), liberdade provisória a um comerciante preso por tráfico de drogas em junho deste ano, em Araçatuba (SP).
O comerciante, que é dono de um ferro-velho, foi preso em uma ação conjunta da Polícia Militar Rodoviária e Polícia Federal que apreendeu 26 quilos de maconha e dois pacotes de skunk. A droga era transportada em uma caminhonete Amarok, com placas de São Carlos, que foi acompanhada da Rodovia Elyeser Montenegro Magalhães (SP-463) até o ferro-velho na Rua Judith Machareth.
O condutor da caminhonete e o proprietário do ferro-velho foram presos e encaminhados para a delegacia da Polícia Federal de Araçatuba, onde foi realizado o flagrante. Em revista na caminhonete, os policiais encontraram quatro tabletes de maconha na caçamba e pacotes de skunk em  um fundo falso no painel. Outros 22 tabletes de maconha foram encontrados ao lado da caminhonete, em uma caixa de isopor. 
Os advogados criminalistas Flávio Batistella e Dayse Ramos, que defendem o dono do ferro-velho, entraram com pedido de liberdade provisório alegando que o cliente não tem ligação com a droga apreendida na caminhonete. 
Os advogados argumentaram no pedido feito à Justiça que o empresário não tinha conhecimento da atitude do motorista e nem do transporte da droga, além de possuir residência fixa e empresa devidamente estabelecida na cidade com atividade lícita.
Por: Alex Mesmer RP10
Araçatuba Acontece
09/10/2021




Postar um comentário

0 Comentários