Piora estado de saúde de um dos reféns baleados que está na Santa Casa

O homem de 31 anos baleado no braço e que também levou um tiro de raspão na cabeça apresentou intercorrência respiratória e precisou ser intubado, conforme informações da assessoria de imprensa da santa Casa na manhã desta quinta-feira (2). Ele iria passar por uma cirurgia nesta quarta-feira para retirada do projétil alojado no braço, e encontra-se na UTI.
O paciente deu entrada na Santa Casa na madrugada de segunda-feira após ter sido baleado apresentando quadro clínico grave, porém estável. Ele foi intubado e na terça-feira foi extubado. Na quarta já estava agendada cirurgia para extração do projétil, mas ele passou por intercorrência respiratória e precisou ser novamente intubado, e segue em atendimento intensivo na UTI.
O paciente foi baleado quando tentava fugir do tiroteio e acabou perdendo o controle da moto e batendo em um veículo parado. Por estar na mesma rota de fuga dos criminosos, acabou ficando sob escolta policial como suspeito de integrar o bando, mas a suspeita já foi descartada. A mãe dele teve princípio de infarto devido à situação.
Os outros pacientes, um homem de 38 anos baleado nas pernas, braços e cabeça (raspão), um de 28 baleado no abdome e em uma das mãos e o homem de 25 anos que teve os dois pés amputados e parte de uma das mãos, ao passar perto de uma dinamite, seguem internados com quadro clínico estável.
Todos eles foram vítimas da ação do bando que aterrorizou Araçatuba na madrugada de segunda-feira no maior assalto já registrado no interior paulista, que resultou na morte de dois civis e um criminoso.
Por: Fábio Shiz/RP10
Araçatuba Acontece
02/09/2021









Postar um comentário

0 Comentários