Empresário é condenado a 14 anos de prisão por morte ocorrida em autoposto de Araçatuba



O empresário Antônio Berti Júnior foi condenado a 14 anos de prisão pela morte de Alessandro Oliveira Aoki. O crime ocorreu em 18 de abril de 2019 no pátio de um posto de combustíveis na Avenida Joaquim Pompeu de Toledo, em Araçatuba (SP). O Tribunal do Júri ocorreu nesta quarta-feira (18). O resultado do julgamento saiu por volta das 23h40. 
O réu não terá o direito de apelar em liberdade. Os jurados rejeitaram a tese de legítima defesa, violenta emoção e reconheceram a qualificadora do recurso que dificultou a defesa da vítima e não reconheceram a qualifcadorade motivo fútil. 
O Promotor de Justiça Adelmo Pinho disse que não vai recorrer. O réu foi representado pelos advogados Ermenegildo Nava e Álvaro Fernandes. O condenado está em um presídio de segurança máxima e participou do julgamento por meio de teleconferência. 
Por: Alex Mesmer/RP10
Fotos: Arquivo Sílvio Romeiro/ Araçatuba Acontece
Araçatuba Acontece
19/08/2021 








Postar um comentário

0 Comentários