Em Araçatuba, Dória autoriza recuperação de vicinais e entrega 153 títulos do Cidade Legal

 Araçatuba recebeu, nesta terça-feira (18),  grande comitiva do Governo do Estado de São Paulo para série de eventos, que reuniu audiência pública, autorização de obras e entrega de títulos de regularização fundiária, com presença do governador João Dória Jr e dos secretários de Estado Marco Vinholi e Flávio Amary, dos deputados Geninho Zuliani, Itamar Borges e Carlão Pignatari, presidente da Alesp (Assembleia Legislativa-SP), além de autoridades municipais de Araçatuba e região.

O evento foi realizado no auditório Papa Francisco, do Centro Universitário Unisalesiano, em Araçatuba, reunindo prefeitos e vereadores das cidades da região, com protocolos de higiene e distanciamento em razão das exigências sanitárias contra a disseminação do coronavírus (Covid-19). 

Nesta oportunidade, o governador assinou o autorizo para início das obras de recuperação de estradas vicinais no entorno de Araçatuba, inclusas no total de 21 pela região, por meio do programa Novas Estradas Vicinais. A iniciativa irá recuperar e modernizar 1.563 Km de 139 estradas de responsabilidade municipal em todo o Estado. Nesta etapa inicial, serão investidos R$ 1,2 bilhão em obras licitadas pelo DER.

Por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional, também foi assinado autorizo para liberação de R$ 4 milhões para obras de infraestrutura no município de Araçatuba.

Dória também participou da entrega de mais 153 títulos de regularização fundiária aos bairros Alvorada e Planalto. Já são mais de 6 mil famílias beneficiadas pela parceria da Prefeitura de Araçatuba com o programa Cidade Legal, do Governo do Estado de São Paulo.

“Independente de partidarismos, livre de ideologias, o Governo do Estado de São Paulo demonstra a força e representatividade de Araçatuba e região. Hoje, tivemos não somente o representante máximo do Estado Paulista, mas três secretários, deputados estaduais e federal, prefeitos e parlamentares da região, todos presenciando que o Estado tem olhos de reconhecimento para este pólo regional e confirma com realizações, ações efetivas, que acabamos de presenciar aqui”, declarou o prefeito de Araçatuba, Dilador Borges. 

Aglomeração Urbana

Apresentada pelo subsecretário de Desenvolvimento Regional, Marcos Campagnone, a audiência pública do Governo Estadual para proposta de criação da Aglomeração Urbana, projeto de valorizaççao regional e administração descentralizada da qual Araçatuba figura como cidade-sede, contou com mesa diretora pormada pelo prefeito de Araçatuba, Dilador Borges; a vice-prefeita Edna Flor; o vice presidente da Câmara Municipal, Mauricio do Bem Estar; o presidente do Siran (Sindicato da Alta Noroeste), Fabio Brancato e o diretor geral do Unisalesiano, Pe. Erondi Tamandaré.

O projeto de Lei Complementar que dispõe sobre a criação da Aglomeração Urbana de Araçatuba é de autoria do deputado Itamar Borges (MDB) e consiste no agrupamento dos municípios de Araçatuba, Birigui, Guararapes, Valparaíso, Bento de Abreu, Rubiácea, Santo Antônio do Aracanguá, Bilac, Coroados, Glicério e Penápolis.

A proposta foi apresentada pelo parlamentar há 10 anos com o objetivo de dar força regional para o desenvolvimento de cada uma dessas cidades.

Araçatuba seria a sede da aglomeração por sediar serviços como a Justiça Federal, Advocacia Geral da União, Defensoria Pública, Procuradorias Estadual e Federal, Diretoria Regional de Saúde, Diretoria Regional de Ensino, Divisão Regional do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), Unidade Regional Secretaria da Fazenda, IBAMA, Cetesb (Companhia Ambiental do Estado), CPI-10 (Comando de Policiamento do Interior) e Polícia Federal, entre outros órgãos.

O estudo da Fundação Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados) identificou também novas regiões próximas à A.U. Araçatuba e que serão apresentadas em futuras audiências, como a região de Andradina e Penápolis.

Por: Sílvio Romeiro. 
Fonte: Assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Araçatuba. 
Araçatuba Acontece. 
18/05/2021





Postar um comentário

0 Comentários