Produtor rural reúne a família, colhe quiabo que se perderia e doa 61 kg à Santa Casa de Araçatuba

 O produtor rural Manoel Ferreira dos Santos encontrou uma forma solidária para aproveitamento de parte da safra de quiabos, que nesta época do ano não consegue vender no entreposto de hortifrútis. Ele doou à Santa Casa de Araçatuba 61,7 quilos, que conseguiu colher com a ajuda de familiares. Sem essa ajuda, o legume secaria nos pés, pois em épocas de festas quanto agora, não é tão fácil encontrar mão-de-obra para colheitas.

O quiabo doado ao hospital integra um cultivo realizado em aproximadamente meio hectare do Sitio São José, localizado e Clementina, município da região de Araçatuba. Foi a primeira safra do plantio realizado pelo produtor Manoel Ferreira dos Santos.

“Meu pai não queria deixar o quiabo perdendo no pé, por isso todos se juntaram para ajudar a colher”, explica João Pedro Spironeli Santos, filho do produtor rural. Biomédico com atuação em Birigui, João Pedro sugeriu ao pai que doasse para a Santa Casa de Araçatuba. “Como atuou no setor conheço as dificuldades que os hospitais enfrentam”, afirmou.

A quantidade de quiabo doada é suficiente para duas refeições. A Santa Casa de Araçatuba serve em média 41 mil refeições por mês.

“Ficamos felizes em poder contribuir com o hospital e ver o quanto a doação será útil”, finalizou João Pedro, ao explicar que imaginava que pela quantidade de leitos (300 no total) o consumo seria grande, “mas não imaginava que fosse nessa proporção”.

Por: Assessoria de imprensa da Santa Casa de Araçatuba
Araçatuba Acontece
30/12/2020




Postar um comentário

0 Comentários