Homem que incendiou residência da sogra agora coloca fogo em sua própria casa

 Um ajudante de pedreiro de 35 anos foi preso em flagrante após atear fogo em sua própria casa com a companheira e a enteada no interior do imóvel, após uma discussão, na manhã deste domingo (28), no conjunto habitacional Águas Claras, em Araçatuba. Ele havia saído da cadeia há uma semana, onde estava preso por ter incendiado, há um mês, a casa de sua sogra.

O incêndio destruiu mais de 50% do imóvel do ajudante de pedreiro, queimando todo o forro, estrutura do telhado e diversos móveis e eletrodomésticos. De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais militares Aguiar e Bertolotti da 1ª Companhia, foram acionados via Copom (Centro de Operações da Polícia Militar) para atendimento de ocorrência de incêndio na rua Padre Ângelo Rudelo. 

Eles chegaram junto com uma equipe do Corpo de Bombeiros, que conseguiu conter as chamas. A companheira e a enteada do acusado estavam em frente ao imóvel e informaram que tiveram de sair correndo da residência após o indiciado atear fogo no sofá da sala. 

Os PMs realizaram patrulhamento e encontraram o acusado na rua de trás, correndo, e o prenderam flagrante. Ele assumiu que ateou fogo na residência, alegando que brigou com a companheira. Posteriormente os policiais não localizaram a esposa e enteado do ajudante de pedreiro.

De acordo com a polícia, o acusado saiu da prisão há uma semana, sendo que estava preso por ter ateado fogo na casa da sogra dele. A equipe de perícia do Instituto de Criminalística compareceu ao local dos fatos e verificaram que o incêndio atingiu mais da metade do imóvel. O ajudante de pedreiro foi preso por violência doméstica e crime de Incêndio, e ficou detido à disposição da Justiça.

Por: Fábio Shiz/Regional Press 
Araçatuba Acontece .
28/09/2020















Postar um comentário

0 Comentários