Prefeitura vai entrevistar população para revisão de Plano Diretor

Para atender a necessidade de coleta de informações para a revisão do Plano Diretor, que teve o calendário de programação afetado neste ano pela pandemia de Covid-19, a Prefeitura de Araçatuba contará com equipes de pesquisa da CETECLins para abordagens de pessoas em supermercados e feiras livres.

O CETECLins é o Centro Tecnológico de Lins, criado em 1970 por meio da Fundação Paulista de Tecnologia e Educação (FPTE), com o objetivo de desenvolver e difundir soluções tecnológicas para empresas públicas e privadas.
A decisão da administração municipal se fez em respeito ao Decreto Municipal que institui a Câmara Técnica de Revisão do Plano Diretor de Araçatuba, bem como ao calendário para reuniões para o mesmo fim, que trata também das oficinas participativas e do Comitê Gestor para a Revisão.

O secretário municipal de Planejamento Urbano e Habitação de Araçatuba, Tadeu Consoni, detalha que haverá equipes com pesquisadores em áreas de maior fluxo de pessoas, equipados com tablets e formulário com questões on-line, para coletar as sugestões de melhorias que contribuem para o desenvolvimento de Araçatuba.
Para apoiar a participação popular e atingir as metas que exigidas pelo Ministério Público, a Prefeitura realizará reforço de divulgação da pesquisa através de carros de som, faixas e outdoors, chamadas em rádio e noticiários em geral.

Além dos horários já conhecidos de funcionamento dos supermercados, a população poderá contribuir com informações para a pesquisa nas feiras livres, que acontecem em dias e horários fixos, como informa o calendário a seguir.
– Terças-feiras: Feira do Produtor Rural, na Praça Getúlio Vargas, das 16h às 20h;
– Quartas-feiras: na avenida Dos Estados, das 6h ao meio-dia (12h);
– Quintas-feiras: rua Aguapeí, defronte ao Cristo Redentor, das 6h ao meio-dia (12h);
– Sábados: Praça da Igreja Paraíso, das 6h ao meio-dia (12h)
– Domingos: Defronte ao Estádio Municipal – das 6h ao meio-dia (12h)

O Plano Diretor de Araçatuba é estabelecido pela Lei Complementar nº 168, de 6 de outubro de 2006. De acordo com a descrição, trata-se de um instrumento para nortear o desenvolvimento do Município em seus aspectos econômico, físico e social, que deve ser revisado a cada dez anos.

Araçatuba Acontece
31/07/2020


Postar um comentário

0 Comentários