PM detém suspeitos de tentativa de homicídio dentro da Santa Casa de Araçatuba

A Polícia Militar acabou de deter três suspeitos de envolvimento na tentativa de homicídio ocorrida nesta sexta-feira (24) no interior da Santa Casa de Araçatuba. Um carro Siena de cor prata, supostamente usado na fuga dos envolvidos, foi apreendido.

O motorista do carro foi abordado em uma casa na Rua Moara Sacramento Amaro, bairro Porto Real 2, periferia da cidade. Uma viatura encontrou o carro suspeito estacionando no quintal da casa e deteve o condutor.

De imediato, informou que havia deixado dois colegas no bairro Águas Claras. Os PMs foram até o local indicado e detiveram dois irmãos, um deles de 16 anos, suspeitos de envolvimento no crime.

Os irmãos negaram participação no crime e disseram que a dupla responsável pelos tiros na Santa Casa teria voltado para Valparaíso. A polícia apura a informação, mas não descarta o envolvimento dos irmãos detidos em Araçatuba no caso.

O motorista disse que foi até a Santa Casa apenas para transportar os colegas. A polícia também qual foi o envolvimento dele no crime. Imagens de circuito interno de segurança estão sendo analisadas e comparadas com os três detidos.

O CRIME

O crime ocorreu pela manhã. Fabiano Pereira da Silva, 29 anos, de Valparaíso, que recebia atendimento na Santa Casa foi baleado no braço em uma enfermaria no segundo andar.

A vítima já tinha sofrido uma tentativa de homicídio na cidade onde mora e por isso estava no hospital em Araçatuba.

Após o crime, o atirador e pelo menos mais um comparsa fugiram da Santa Casa a pé. A polícia foi acionada e iniciou buscas atrás dos envolvidos.

Os suspeitos serão apresentados no plantão policial de Araçatuba. O estado de saúde do baleado é estável. Fabiano passou por uma cirurgia na perna e se recupera na Santa Casa. Uma escolta policial acompanha a vítima.

Segundo o que foi apurado no local, os envolvidos no crime tiveram acesso ao hospital pela entrada principal e foram direto para o quarto onde estava a vítima.

Os disparos atingiram um dos braços e uma das mãos do paciente. Os criminosos fugiram pela portaria da urgência e emergência, na Rua Tiradentes.

Por: Alex Mesmer/Regional Press
Araçatuba Acontece
24/01/2020










Postar um comentário

0 Comentários