Identificada mulher que morreu após acidente em rodovia de Araçatuba

A mulher que morreu em uma acidente ocorrido na tarde desta sexta-feira (30), em Araçatuba, foi identificada como Larissa Pagani Lopes, 30 anos. A vítima era fisioterapeuta e morava no bairro Guanabara, em Araçatuba.
Ela conduzia um Chevrolet Sonic pela rodovia Elyeser Montenegro Magalhães (SP-463), quando na altura do km 51, bateu de frente com uma carreta que trafegava em sentido contrária.
Com o impacto, o caminhão, desgovernado, foi parar no meio de um matagal. Larissa ficou presa nas ferragens e foi retirada do veículo por policiais rodoviários e populares.

Ela foi socorrida por uma unidade de resgate, mas o óbito foi atestado na Santa Casa de Araçatuba. O motorista da carreta, de 39 anos, da cidade de Gavião Peixoto (SP), sofreu ferimentos, mas está fora de perigo.
O acidente ocorreu no sentido a Santo Antônio do Aracanguá. O motorista do caminhão disse à polícia que seguia pela pista quando o carro conduzido por Larissa invadiu repentinamente sua mão de direção.
O carreteiro disse que não teve tempo de desviar. Outra testemunha ouvida pela polícia contou a mesma versão.

A polícia apura o que causou a batida. Os veículos foram periciados pelo IC (Instituto de Criminalística) de Araçatuba. O laudo poderá indicar o que provocou o acidente.

Por: Alex Mesmer/Regional Press
Foto: Vitor Moretti
Araçatuba Acontece
20/12/2019


Postar um comentário

0 Comentários