Tratorista é acusado de pilotar moto embriagado e provocar acidente na rua do Fico

Um tratorista de 42 anos está sendo acusado de conduzir uma motocicleta, sob efeito de álcool, e provocar um acidente no cruzamento da rua do Fico com a rua Anselmo Manarelli, no bairro Santana, em Araçatuba.
De acordo com o boletim de ocorrência, o tratorista seguia de moto pela rua do Fico sentido bairro ao centro, e ao passar pelo semáforo da Anselmo Manarelli, acabou interceptando a trajetória de um Fiat Uno que trafegava no sentido contrário.
Os veículos bateram de frente e o tratorista acabou sofrendo várias escoriações pelo corpo, sendo levado ao pronto-socorro municipal. Os policiais militares que atenderam à ocorrência perceberam que ele estava com sinais de embriaguez, como andar cambaleante, fala pastosa, olhos avermelhados e odor etílico.
Ao ser questionado, o homem confirmou que havia ingerido cerveja. Ele foi levado à delegacia, se recusou a fazer o teste do etilômetro e concordou em fazer coleta de sangue para exame de dosagem alcoólica, e foi apresentado ao IML. 

Briga por reclamação sobre faixa de pedestre vira caso de polícia
Uma discussão que começou por causa de uma faixa de pedestre virou caso de polícia com o registro de um boletim de ocorrência por ameaça, ocorrida no interior de um shopping localizado na rua Carlos Pereira da Silva, em Araçatuba, na noite de sábado.
A confusão começou depois que o um casal de designers, de 38 e 37 anos, reclamou com o motorista de um Renault Sandero pelo fato dele estar estacionado com o carro sobre a faixa de pedestre e entrada de acesso a uma rampa de cadeirante. Ao se aproximar do carro, a mulher bateu com a mão no vidro e disse ao motorista que ele estava sobre a faixa de pedestre.
Uma mulher que estava no banco do passageiro desceu do carro, bem como o condutor, que foi em direção à mulher, disse algo que ela não entendeu, depois retornou para o carro, deu ré, desceu novamente ficando em frente a placa do veículo, para que não fosse anotada, e falou para a mulher chamar a polícia e também a reportagem.
A vítima disse que chegou a ligar para a Polícia Militar, mas nenhuma viatura teria comparecido ao local. Posteriormente, quando estava na praça de alimentação do referido shopping, o condutor do carro se aproximou, sentou na mesma mesa e gesticulando, passou a fazer ameaças à mulher, dizendo que se sua namorada perdesse o emprego, ele iria atrás do casal.
Neste momento o companheiro da mulher chegou na mesa e houve início de bate-boca, sendo que seguranças se aproximaram e conseguiram conter as partes. As vítimas relataram que a mulher que estava no carro seria funcionária de uma das lojas do shopping. Após o tumulto o casal registrou o boletim de ocorrência por ameaça.

Por: Fabio Shiz/Regional Press
Foto: Simulação
Araçatuba Acontece
15/07/2019




Postar um comentário

0 Comentários