Soldador é detido acusado de embriaguez ao volante, ameaça e violência doméstica

Um soldador de 44 anos foi preso em flagrante por policiais militares, na noite desta terça-feira, acusado de ameaçar a esposa de morte com um canivete, além de ser flagrado conduzindo uma motocicleta com documentação vencida, embriagado e sem habilitação. O caso aconteceu no bairro São Rafael, em Araçatuba.
A PM foi acionada para comparecer até o bairro São Rafael, onde pela segunda vez a vítima estava acionando o policiamento com medo do seu companheiro. De acordo com ela, o homem estava bêbado e ameaçando-a matar com um canivete. A mulher disse que nas últimas semanas seu companheiro fica embriagado diariamente e vem tendo comportamento ríspido, inclusive com os três filhos, duas crianças e um adolescente.
Quando os policiais registravam a ocorrência, perceberam um homem se aproximando de moto, e a mulher confirmou que era seu companheiro. Eles fizeram a abordagem e o acusado estava exaltado, portava o referido canivete e a todo momento tentava evadir-se. Foi necessário uso de força física moderada para conter o acusado, que foi algemado e colocado no interior da viatura.
O soldador passou a bater várias vezes com a cabeça no vidro da viatura. Ao fazer o exame do etilômetro (bafômetro) foi constatada a presença de 0,70 miligramas de álcool por litro de ar alveolar, o que é considerado crime. Ele não é habilitado e o documento da moto estava vencido desde 2009.

Por: Fabio Shiz/Regional Press
Foto: Simulação
Araçatuba Acontece
17/07/2019




Postar um comentário

0 Comentários