PM prende acusado de participação em tentativa de homicídio contra GCM

Policiais militares prenderam na manhã desta sexta-feira um desempregado de 23 anos acusado de participação na tentativa de homicídio contra o guarda civil municipal Diego Oda, 33 anos, baleado na noite desta quinta-feira no interior de uma padaria na rua Bolívia, bairro Planalto, em Araçatuba.
A prisão do suspeito foi no início da manhã na casa dele, na rua Tancredo Neves, bairro Rosele.
De acordo com a polícia, o desempregado seria o “cavalo” (termo utilizado para pessoas que dão carona e automaticamente acabam sendo cúmplices com co-participação em algum tipo de crime) do seu irmão, que é o suspeito de ser o autor dos disparos que atingiram o GCM.

O desempregado foi detido e levado à DIG (Delegacia de Investigações Gerais) onde estava sendo ouvido durante a manhã. A informação é de que ele ficará detido em flagrante.
Câmeras de Segurança flagraram o exato momento em quer o atirador entra na padaria e vai em direção ao caixa. De repente surge o GCM na imagem, o atirador aponta um revólver, efetua ao menos dois disparos e foge.
O autor dos tiros fugiu em um Gol quadrado que aguardava em frente ao estabelecimento. O guarda foi socorrido em estado grave e levado para a Santa Casa.
Ele foi atingido por um disparo na mão e outro no peito, que perfurou o pulmão e saiu pelas costas.

Por: Fabio Shiz/Regional Press
Araçatuba Acontece
19/07/2019




Postar um comentário

0 Comentários