GCMs detém acusada de esfaquear homem em disputa por ponto entre flanelinhas

A disputa por um pontos entre flanelinhas (pessoas que se oferecem para cuidar de carros e motos) no centro de Araçatuba terminou com um homem gravemente ferido nesta quarta-feira. Na manhã desta quinta-feira GCMs (Guardas Civis Municipais) detiveram uma transexual, no calçadão de Araçatuba, acusada de ser a autora da facada.
A reportagem do Regional Press conversou com o cadeirante Danilo Mendes, de 38 anos, que atua como flanelinha cuidando de motos em um bolsão existente no início da rua Luiz Pereira Barreto, em frente à praça Rui Barbosa. Ele disse que há seis anos fica no local cuidando das motos e troca de gorjetas.
Mendes explicou que como é cadeirante, sua companheira, uma transexual de 28 anos, vai com ele diariamente ao centro de Araçatuba, já que ele depende de outras pessoas para o seu dia a dia. Segundo o cadeirante, outros flanelinhas começaram a pressioná-lo a sair do local, em uma disputa pelo ponto, que segundo ele é bom.

Nesta quarta-feira houve uma discussão entre Mendes e um homem que, segundo ele, está querendo pegar seu “ponto”. Em determinado momento, o homem teria feito menção de que iria agredir o cadeirante, chegando a segurar e chacoalhar sua cadeira de rodas.
Mendes contou quer neste momento, para lhe defender, sua companheira pegou uma faca e atingiu o braço do homem, mas que teria sido apenas de raspão. No entanto, a vítima teve graves lesões no braço e foi socorrido para a Santa Casa em estado grave, onde permanece internado.
O transexual fugiu do local após a agressão.
Na manhã desta quinta-feira os GCMs Barion e Pedão faziam patrulhamento pelo calçadão quando localizaram o acusado e o detiveram levando-o ao plantão policial.
Ele foi autuado em flagrante e ficou preso à disposição da Justiça.

Por: Fabio Shiz/Regional Press
Araçatuba Acontece
25/07/2019





Postar um comentário

0 Comentários