Homem que matou adolescente esfaqueado será julgado em Araçatuba

José Milton Júnior será julgado pelo Tribunal do Júri de Araçatuba nesta quarta-feira (12/06) pelo assassinato do adolescente Gabriel de Lima Garcia, de 15 anos, em abril de 2014. A vítima foi morta esfaqueada e espancada na Rua João Batista Botelho, bairro Umuarama.
Na ocasião, José Milton estava acompanhado do colega Bruno da Silva Vargas, também réu no processo, mas que foi assassinado em 2015.

De acordo com denúncia do Ministério Público, os réus decidiram assassinar o adolescente sob a alegação de a vítima ter assediado a amásia de Bruno.
No dia do crime, ainda conforme o MP, os réus saíram em uma moto, armados com uma faca, e passaram a procurar pelo adolescente, que foi encontrado no bairro Umuarama.
Conforme a denúncia, na noite dos fatos, o denunciado assumiu a direção de uma motocicleta Honda 150, cor vermelha, enquanto Bruno da Silva Vargas, a garupa. Ao avistar a vítima caminhando pela Rua Joaquim Cândido, o indiciado estacionou a motocicleta e a abordou.

Em seguida, José Milton Junior sacou a faca que trazia na cintura e empurrou a vítima contra parede, dizendo “perdeu, perdeu”.
Assustada, a vítima passou a afirmar “não Zé, pelo amor de Deus, desculpa”, momento em que o denunciado desferiu diversos golpes de faca pelo corpo dela, enquanto Bruno permaneceu vigiando o local.
Mesmo ferida, a vítima tentou correr e ingressou na Rua Joaquim Batista Botelho, mas foi alcançada pelo indiciado, que prosseguiu com os golpes de faca, “de forma desumana e cruel”, segundo o Ministério Público.

Após matar a vítima, José Milton Junior e Bruno da Silva Vargas subiram na motocicleta e fugiram do local. A faca utilizada foi apreendida ao lado do corpo da vítima.
O réu foi denunciado por homicídio qualificado. A sessão no Tribunal do Júri está prevista para começar às 9h.
O outro réu no processo, Bruno da Silva Vargas, também conhecido como Muça, foi morto a tiros no dia 1º de maio de 2015 na Rua José Coelho Júnior, também no bairro Umuarama.

Por: Alex Mesmer/Regional Press
Fotos: Arquivo Araçatuba Acontece
11/06/2019





Postar um comentário

0 Comentários