Integrante de facção criminosa é preso em flagrante com pistola 9 mm em Araçatuba

Na tarde desta quarta-feira (22) policiais do GOE (Grupo de Operações Especiais) da Polícia Civil prenderam I.S.O. de 23 anos conhecido nos meios policiais por ser um dos responsáveis pelo tráfico de drogas na região do bairro Água Branca.
Durante patrulhamento na zona leste de Araçatuba, os policiais avistar na Rua Áurea de Oliveira dos Santos um veículo VW/Gol de cor prata em atitude suspeita. Ao dar sinal de parada, o motorista fugiu em alta velocidade.

Os policiais realizaram o acompanhamento por várias ruas do bairro Água Branca e perceberam quando o condutor do veículo arremessou pela janela do carro um objeto.
Após alguns minutos de acompanhamento os policiais conseguiram interceptar o veículo na Rua Mudalali Fayath Mansur.
Em revista pessoal nada de ilícito foi encontrado, porém ao verificar o que o condutor havia dispensado, os policiais localizaram uma pistola 9 mm de uso restrito, municiada com 9 munições intactas.

Com apoio de outra equipe do GOE, foi realizado diligências na residência do acusado onde foi encontrado uma porção de maconha.
Conhecido pelos policiais por ser um dos responsáveis pelo tráfico de drogas no bairro Água Branca e por fazer parte de uma facção criminosa que age dentro e fora dos presídios, I.S.O. recebeu voz de prisão em flagrante e foi encaminhado ao plantão policial.

AMEAÇAS

Durante a prisão de I.S.O. por porte ilegal de arma de fogo, o acusado proferiu várias ameaças aos policiais que atendiam a ocorrência.
Entre as ameaças ele repetia várias vezes ser integrante do PCC (Primeiro Comando da Capital) e que a prisão dele seria cobrada.
Disse também que não ficaria preso por muito tempo alegando que a justiça era falha e que não funcionava com ele.
Diante dos fatos, I.S.O. foi apresentado na delegacia e autuado em flagrante.
Ele ficou detido e será apresentado em audiência de custódia na manhã desta quinta-feira (23).

Por: Thiago Augusto
Araçatuba Acontece
22/05/2019




Postar um comentário

0 Comentários