GM atingido por rapaz que empinava de moto passa por cirurgia

O guarda civil municipal de 39 anos, vítima da irresponsabilidade de um rapaz de 19 anos que estava empinando uma moto que atingiu a motocicleta em que o GM estava, na garupa de sua irmã, passou por uma cirurgia nesta quinta-feira e possivelmente terá de passar por mais um procedimento cirúrgico.

O acidente aconteceu na noite de terça-feira. O guarda estava na garupa da moto, pilotada por sua irmã, uma mototaxista de 45 anos. Eles seguiam pela via Olegário Ferraz, no sentido Jardim das Oliveiras para avenida José Ferreira Batista, quando um rapaz de 19 anos que seguia no mesmo sentido, se aproximou empinando uma moto, perdeu o controle e bateu na motocicleta em que os irmãos estavam.

Com a batida, eles caíram e o piloto que empinava a moto fugiu sem prestar socorro. Uma testemunha anotou a placa da moto que fugiu, e passou para os guardas que foram atender a ocorrência. Com base na placa do veículo os guardas identificaram o proprietário e foram até a residência dele, no Jardim das Oliveiras.

O rapaz atendeu os guardas e admitiu que pilotava a moto. Afirmou que fugiu porque não tem habilitação. Ele estava com algumas escoriações. O rapaz foi acompanhado pela mãe até o local do acidente e depois foi para a delegacia, onde ficou preso acusado de lesão corporal, fuga do local do acidente, omissão de socorro e direção perigosa.

O guarda e irmã dele ficaram caídos no chão até a chegada da unidade de resgate do Corpo de Bombeiros. A mototaxista sofreu escoriações pelo corpo e ficou internada até a madrugada desta quarta-feira. O GM sofreu duas fraturas e continua internado. Ele passou por cirurgia na mão e disse à reportagem do Regional Press, por telefone, que está aguardando alguns exames porque talvez terá de fazer mais uma cirurgia, próximo ao cotovelo.

Por: Fabio Shiz/Regional Press
Araçatuba Acontece
02/04/2019




Postar um comentário

0 Comentários