GCM prende “tarado” acusado de importunação sexual no centro de Araçatuba

Um pintor de 56 anos foi preso em flagrante por guardas civis municipais (GCMs), com apoio de populares, sob acusação de importunação sexual contra uma manicure de 37 anos.
O caso aconteceu no final da tarde desta sexta-feira na praça Rui Barbosa, no centro de Araçatuba, depois que o homem mostrou o pênis à vítima chamando-a para sentar em seu cólo.

De acordo com o boletim de ocorrência, a manicure caminhava pela praça Rui Barbosa, perto de um monumento próximo a uma banca de livros, quando o acusado a chamou dizendo: “moça, moça vem aqui”, gesticulando com a mão. A mulher imaginou que ele queria alguma informação e foi até onde o homem estava sentado.

Ao se aproximar, viu que ele estava com o pênis para foram. O homem bateu com as mãos na coxa e disse para ela, “senta aqui, sua gostosa”.
Dois homens que passavam pelo local e presenciaram a cena pararam para ajudar a mulher.
Eles ficaram segurando o acusado e pediram para a vítima chamar procurar um guarda municipal no calçadão.

No entanto, a mulher não conseguiu localizar um guarda e o acusado, passado um tempo, saiu correndo.
A vítima correu atrás do homem e populares conseguiram detê-lo no calçadão da Princesa Isabel.
Os GCMs Jorge Luís e Ricardo chegaram pelo local e conduziram o acusado ao plantão policial, onde ele ficou detido à disposição da Justiça.

Por: Fábio Shiz/Regional Press
Araçatuba Acontece
14/05/2019




Postar um comentário

0 Comentários