Desempregado é preso após tentar matar a ex-mulher cortando seus pulsos

Um desempregado de 47 anos, que ficou oito anos detido e saiu recentemente do sistema carcerário, foi preso em flagrante na tarde deste sábado acusado de tentativa de feminicídio, no bairro Porto Real, em Araçatuba.

Ele é acusado de cortar os pulsos de sua ex-companheira, uma dona de casa de 47 anos.
Moradores do bairro quase lincharam o homem.
De acordo com a polícia, o casal estava em frente à casa da vítima bebendo caipirinha, quando iniciaram uma discussão.

O desempregado passou a agredir a mulher com socos na cabeça e ainda pegou uma faca e cortou os pulsos da vítima.
Ela saiu correndo pedindo socorro aos vizinhos, e ainda foi seguida pelo homem, que estava com a intenção de esfaqueá-la.

Quando percebeu que não iria conseguir pegar a mulher, e fugiu de bicicleta.
A unidade de resgate do Corpo de Bombeiros e a Policia Militar foram acionados.
Quando era realizado o resgate da mulher, o acusado retornou ao local de bicicleta.
Um sobrinho da vítima viu o homem e o mostrou aos policiais militares, que o detiveram em flagrante com a faca na cintura.

Ele tentou fugir e teve de ser algemado. Populares começaram a cercar os policiais tentando linchar o acusado, que foi colocado no interior da viatura.
Foi necessário pedir reforço policial porque a população estava revoltada tentando pegar o acusado.
A mulher disse, durante atendimento hospitalar, que o agressor é seu ex-marido, estava cumprindo pena e ela não sabia que ele estava em liberdade, até aparecer neste sábado em sua casa.

O acusado foi preso em flagrante por tentativa de feminicídio. A mulher não corre risco de morrer.
A polícia apurou que as facadas não atingiram nenhuma artéria dos pulsos da vítima.

Por: Fabio Shiz/Regional Press
Fotos: Silvio Romeiro
Araçatuba Acontece
07/04/2019








Postar um comentário

0 Comentários