PM prende suspeito de homicídio com revólver calibre 22

Um auxiliar geral de 20 anos foi preso em flagrante por policiais militares na noite desta sexta-feira por porte ilegal de armas.
Ele portava um revólver de calibre 22 e é suspeito de ter sido o autor do homicídio  contra Klevison de Melo Silva, 26 anos, assassinado a tiros na madrugada do dia 18 de janeiro ao lado de um campo de futebol no bairro São José.

Os policiais militares Cabo Gleyson e Sd pm Ravanhani faziam patrulhamento pelo conjunto habitacional Beatriz, zona oeste de Araçatuba, quando viram dois homens em atitude suspeita, sendo que o auxiliar geral demonstrou nervosismo ao ver os policiais.

Eles foram abordados e com o acusado os militares encontraram o revólver de calibre 22, desmuniciado e com a numeração de identificação suprimida. No dia 17 de janeiro ele havia se envolvido em uma briga em um bar no bairro São José, com o desempregado Klevison de Melo Silva, 26 anos, conhecido como Lagoinha.

Na ocasião ele afirma que levou uma cadeirada do desempregado e o ameaçou de morte.
Durante a madrugada Lagoinha foi encontrado morto a tiros, e a perícia constatou que as balas eram de calibre 22.

De acordo com testemunhas, o autor dos tiros seria um rapaz que mora próximo ao campo onde ocorreu o crime, características semelhantes ao do auxiliar geral detido pelos PMs, que pode ter sido o autor do crime, inclusive com a arma que ele portava.
O rapaz foi preso em flagrante e ficou à disposição da Justiça.

Por: Fábio Shiz/Regional Press
Araçatuba Acontece
30/03/2019










Postar um comentário

0 Comentários