Um homem de 48 anos foi preso acusado de estupro contra uma menina de apenas seis anos, enteada de um primo.
O caso teria acontecido por mais de uma vez e foi revelado somente neste fim de semana, quando a criança contou à mãe o que o acusado havia feito com ela, deixando-a inclusive com dores na genitália, mesmo sem ter ocorrido conjunção carnal.

No fim de semana o homem foi visitar o primo.
Todos estavam na sala da casa e a criança brincava na mesa da cozinha.
O acusado foi à cozinha onde a menina estava sozinha dizendo que iria tomar um café.
Ele pediu que a garotinha colocasse café em uma xícara.

Quando a criança estava servindo, o homem chegou por trás, tirou o pênis e esfregou nas nádegas da criança.
Depois, segundo a vítima, ele a puxou pela nuca, beijou sua boca e ficou lambendo seus  lábios.
Após tomar o café o homem foi embora e a criança revelou à mãe que havia acontecido, e disse que não foi a primeira vez.

Segundo a criança, em outras ocasiões, enquanto brincava na rua, foi beijada pelo homem.
Em janeiro a família fez um passeio no Distrito de Major Prado a casa de familiares.
O acusado mora no local e na ocasião, levou a menina para “passear” em sua casa, onde também cometeu abusos contra a menina, esfregando o pênis nas nádegas e vagina da criança, além de fazer sexo oral na garotinha.

O juiz da 3ª Vara Criminal, de Araçatuba, decretou a prisão temporária do acusado, que foi preso por policiais civis de Santo Antônio do Aracanguá.

Por: Fábio Shiz/Regional Press
Araçatuba Acontece
27/03/2019