Duas mulheres são presas pelo GOE por tráfico de drogas em Araçatuba

Uma denúncia levou policiais civis do GOE (Grupo de Operações Especiais) até uma casa no bairro Águas Claras, em Araçatuba, usada para preparo de cocaína destina a venda.
Duas mulheres foram presas em flagrante por tráfico de drogas.

Após apurar que o residência servia como uma espécie de laboratório, os investigadores do GOE solicitaram à Justiça um mandado de busca e apreensão.
A ordem judicial foi cumprida na tarde desta quinta-feira (13), na rua José Maurício de Souza.

Os policiais surpreenderam V.E.O., 35 anos, e a namorada dela, P.S., 32 anos, na posse de duas porções de maconha, 36 pinos com cocaína, dois pedaços médios de cocaína, dois potes com cocaína em pó, uma sacola com cocaína em pó, diversos pinos vazios, uma balança de precisão, dois liquidificadores com resquícios de cocaína, peneiras, faca e colher também com resquícios da droga, fermento em pó e cafeína, substâncias usadas no preparo de cocaína vendida em biqueiras.

Os investigadores apreenderam pouco mais de R$ 1 mil em dinheiro com o casal.
Parte da droga e dos equipamentos estava em um veículo Corsa, apreendido na frente da casa.
As acusadas passariam por audiência de custódia na manhã desta sexta-feira (15). A pena para o crime varia de 5 a 15 anos de prisão.

Por: Alex Mesmer/Regional Press
Araçatuba Acontece
14/03/2019








Postar um comentário

0 Comentários