Autor de homicídio é condenado a 12 anos de prisão em Araçatuba

José Gaspari Gonçalves foi condenado a 12 anos de prisão em regime fechado por ter cometido um homicídio em abril de 2011, em Araçatuba.
O julgamento do criminoso ocorreu na tarde desta quarta-feira (20), no Fórum de Araçatuba.
O promotor Adelmo Pinho disse que não vai recorrer da sentença.

O sentenciado matou a tiros Júlio César Pereira, após várias brigas e discussões motivadas por ciúmes. Isso porque, a vítima suspeitava ser pai do enteado do réu e queria fazer exame de paternidade. 
O homicídio ocorreu na frente da casa da vítima, na rua Jales, bairro Nossa Senhora Aparecida.

Na ocasião, Júlio César estava sentado em uma cadeira e foi surpreendido pelo atirador, que chegou ao local em uma bicicleta.
O sentenciado foi preso no ano seguinte por porte ilegal de arma. Segundo o promotor Adelmo Pinho, como o sentenciado está preso, ele não terá benefício de recorrer da sentença em liberdade.

Por: Alex Mesmer/ Regional Press
Araçatuba Acontece
20/03/2019







Postar um comentário

0 Comentários