Rapaz é acusado de estupro contra menina de 12 anos que matou aula

Uma menina de 12 anos, que estuda em uma escola pública no bairro Paraíso, matou aula na tarde desta quarta-feira para se encontrar com um rapaz morador no conjunto habitacional Águas Claras. Ela confirmou que no encontro manteve relações sexuais com o acusado, que não teve a idade revelada, e agora é acusado pelo crime de estupro de vulnerável.
A mãe da menina foi procurá-la na escola e ficou sabendo que ela havia matado aula. Diante disso passou a procurar junto as amigas. A informação chegou até a menina, que estava com o acusado na casa dele. Ao ficar sabendo, o acusado pediu para que um amigo deixasse a menina no bairro Hilda Mandarino, onde ela acabou sendo localizada perambulando sem rumo.
A menina foi encontrada por volta das 20h e imediatamente levada ao pronto-socorro municipal, onde passou por atendimento e realização de diversos exames, além de ações preventivas em caso de estupro. Mesmo sendo uma relação sexual consentida, o acusado responderá pelo crime de estupro de vulnerável devido à pouca idade da vítima.

Por: Fábio Shiz/Regional Press
Foto: Ilustração





Postar um comentário

0 Comentários