Edna Flor pode ter salário reajustado para R$ 11,3 mil em regime de urgência

O salário da vice-prefeita Edna Flor pode passar de R$ 7,3 mil para R$ 11,3 mil por mês a partir de janeiro, caso os vereadores aprovem, na próxima segunda-feira, proposta enviada em regime de urgência pela mesa diretora da Casa.
A proposta, segundo o Regional Press apurou, foi motivado por um pedido da própria vice-prefeita, com aval do prefeito Dilador Borges, que teria pedido a apoio de sua bancada para garantir a aprovação do projeto.
Fontes do Regional Press informaram que Edna Flor estaria insatisfeita com o salário atual, que é de R$ 7,3 mil. Ou seja, caso o projeto passe pelo Legislativo, a vereadora, que sempre foi contra esse tipo de reajuste, terá seu salário, em tempos de crise, quase dobrado. Por outro lado, funcionários da ASF ( Associação Saúde da Família) correm o risco de ter as férias canceladas por possível falta de recursos da prefeitura.
O projeto é o penúltimo item da pauta, que tem 15 projetos para serem votados pelos edis. Portanto, ficará mais para o final da sessão, quando boa parte do pequeno público que comparece às sessões já deixou o plenário.
A sessão é aberta ao público e só recebe um numero maior de pessoas quando há algum projeto mais polêmico. Fontes do Regional Press informaram que um grupo já estaria se mobilizando para pressionar os vereadores contra esse reajuste.
Outro item que está na pauta é a concessão da Fazenda do Estado, que compõem a área onde é realizada a Expo, para o Siran ( Sindicato Rural da Alta Noroeste). A área pertencia ao Estado e foi repassada,ao município).

Por: Redação
Foto/Divulgação
Araçatuba Acontece
14/12/2018

Postar um comentário

0 Comentários