Homem é acusado de estuprar enteada de 16 anos


A Polícia Militar foi acionada via Copom para atender uma ocorrência de "Discussão entre casal".
O casal morava em Santos e vieram para Araçatuba porque  o marido sofreu dois AVCs e aqui em Araçatuba eles receberiam ajuda da família dele.
A mãe M.F.S de 41 anos relatou aos Políciais que mora com o acusado S.F.C DE 47 anos desde 2004, foi quando ela conheceu ele e ela ja tinha um casal de filhos e depois teve mais  uma filha com acusado, o filho mais velho da mulher que hoje tem 20 anos mora em outra cidade.
A vítima contou que vem sofrendo violência doméstica por seu amasio e que o mesmo mantinha ela é as suas duas filhas presas na chácara onde moram, a filha dela só ia pra escola porque o ônibus pegava ela na porta da chácara e a esposa só podia sair se fosse junto com ele ou com a mãe dele, fora isso ele proibia  elas de saírem sozinhas.
E no desabafo com os Policiais a esposa do acusado contou que a sua filha de 16 anos vem sofrendo abusos sexuais pelo Padrasto.   a vítima explicou que ela com a ajuda de uma amiga ,saiu  da chácara com as filhas e foi para a casa da amiga .E quando o acusado soube ele foi atrás dela e na frente da casa dessa amiga ele começou a xingá-la e ameaca-lá de morte.
Diante disso , essa amiga acionou a polícia e a filha de 16 anos confirmou tudo o relato da mãe e relatou que é vítima de abuso sexual pelo Padrasto.
O indiciado S.F.C negou os fatos , e assim foi dado a voz de prisão e o mesmo foi conduzido ao plantão policial.
No plantão Policial M.F.S a mãe da menina ouvida, afirmou que vem sofrendo violência doméstica pelo marido e que por suspeitar que sua filha vem sofrendo abuso ,colocou um celular para gravar no banheiro e conseguiu gravar o seu marido abusando da filha dela que é enteada dele.
Diante da gravação,sua filha afirmou que vem sofrendo abuso sexual pelo Padrasto  já quatro anos, o padrasto quebrou o celular da mãe da menina quando ele ficou sabendo que foi filmado, mas a mãe já tinha enviado a imagem para o filho dela de 20 anos que mora em outra cidade.
O Delegado Plantonista deu voz de prisão na data de ontem (01) e hoje pela manhã o acusado foi conduzido à audiência de custodia e vai ficar em prisão domiciliar até a data do julgamento ou uma nova decisão da justiça.

Imagens:Sílvio Romeiro
Araçatuba Acontece
02/09/2018





Postar um comentário

0 Comentários